Furacão Irene deixa milhares de pessoas sem luz em Porto Rico*

.

furacao

Foto: AP Homem anda em uma rua alagada após a passagem do furacão Irene pela cidade de Naguabo, em Porto Rico

Irene, o primeiro furacão da temporada do Atlântico 2011, passou por Porto Rico deixando cerca de 800 mil pessoas sem energia elétrica e mais de 700 refugiados, além de estradas destruídas por inundações, indicaram as autoridades, quando o ciclone se dirige para a República Dominicana.

Até a manhã desta segunda-feira, 771 pessoas se refugiaram em abrigos preparados para o ciclone em 59 municípios e 118 mil pessoas ficaram sem fornecimento de água na ilha caribenha, onde as aulas foram suspensas em algumas regiões, indicou o governador de Porto Rico, Luis Fortuño. “Hoje vão continuar as chuvas em todo Porto Rico”, disse Fortuño após acrescentar que na terça-feira será anunciado se serão retomadas as atividades escolares e na administração pública.

Na ilha, foi modificado o alerta de furacão por tempestade tropical, fenômeno que seguirá provocando pelas próximas horas rajadas de vento e chuvas torrenciais que derrubaram árvores e deixaram inundações em zonas residenciais próximas a rios.

Já na República Dominicana, cerca de 2 mil abrigos foram montados à espera da chegada do furacão, enquanto o alerta máximo era estendido para a maioria das províncias, onde foi ordenada a evacuação de zonas vulneráveis e a suspensão de aulas. “Estamos prontos para receber a tempestade Irene”, declarou o responsável de imprensa da presidência dominicana, Rafael Núñez.

Mais cedo nesta segunda-feira, o governo emitiu um alerta máximo à medida que o Irene avançava em direção ao país caribenho. O Irene se deslocava com ventos de 120 km/h e chuvas torrenciais, anunciou o Centro Nacional de Furacões (NHC) com sede em Miami.

.

*Terra