Cristão é condenado a 5 anos de cadeia por falar de Jesus para o vizinho*

.

 

A Justiça da Argélia condenou o cristão Siagh Krimo a 5 anos de prisão por tentar converter um vizinho muçulmano, que se sentiu insultado e deu queixa na polícia.

Ex-colônia francesa, a Argélia fica na África do Norte e tem cerca de 33 milhões de habitantes. No país, há liberdade religiosa, mas a sua Constituição define o islã como uma das características da identidade do povo.

Krimo é casado e tem filhos. Ele tem dez dias para recorrer da condenação.

O que complicou a situação, segundo as agências de notícias, foi a acusação do muçulmano de que o proselitismo religioso incluiu ofensa ao profeta Maomé. O cristão nega.

No código penal argelino há um artigo que considerada como criminoso quem “insultar o profeta” ou “denegrir o credo e preceitos do Islã”.

Aidan Clay, do ICC (International International Christian Concern), disse que condenação de Krimo é mais uma consequência do endurecimento da perseguição aos cristãos.

“Cristãos argelinos foram atacados nas últimas semanas, e as leis têm sido cada vez mais aplicadas para discriminá-los”, disse.

Fonte: Paulopes

.