Chuvas causam transbordamento de água radioativa em Fukushima

.

A forte chuva que caiu sobre o Japão afetaram a usina nuclear de Fukushima. Devido ao grande volume de água, houve um transbordamento da água contaminada em 12 pontos ao redor dos tanques de armazenamento de líquido radioativo. A informação foi dada nesta segunda-feira (21) à Agência EFE um porta-voz da operadora da unidade, a Tokyo Electric Power (Tepco).

A operadora estimava que um volume de 30 a 40 milímetros de chuva cairia neste domingo na usina nuclear. Porém, houve precipitação de 127 milímetros. Esse volume bem maior do que o esperado o que provocou as falha dos mecanismos previstos para diminuir o acúmulo da água de chuva ocasionando o transbordamento.

Este novo problema na central acontece em um mês no qual a unidade registrou diversos erros humanos que causaram fugas maciças de água contaminada e novos vazamentos para o mar.

Os técnicos responsáveis registraram uma leitura máxima de 710 becquerels por litro de radiação na água que transbordou. Isso é cerca de 24 vezes mais que o teto de 30 becquerels por litro de substâncias poluentes estabelecido pelo governo.

O transbordamento é investigado e não sabe-se qual a quantidade de água teria vazado. É possível que parte da água tenha vazado para o oceano.

.