Bolsas europeias se recuperam*

.

Por Cynthia Decloedt

Londres – As bolsas europeias operavam bem sustentadas na manhã de hoje, com as ações dos bancos franceses em franca recuperação. Nos demais mercados, sinalizações de corte no juro europeu e o resultado melhor que o previsto sobre a confiança das empresas da Alemanha ajudaram investidores a recolher papéis baratos. Às 8h18 (horário de Brasília), o índice CAC-40, da Bolsa de Paris, operava em alta de 3,39%, enquanto Frankfurt avançava 3,83% e Londres ganhava 1,48%.

Ontem, a porta-voz do governo francês, Valerie Pecresse, disse que o governo não tem planos de recapitalizar os bancos locais, animando os investidores bastante preocupados com a saúde das instituições financeiras do país, expostas especialmente à Grécia. “Obviamente o governo está ao lado dos bancos”, disse a porta-voz ontem à noite. “Mas não há qualquer plano para recapitalizar os bancos”, acrescentou.

As ações dos três maiores bancos franceses perderam mais de 50% de seu valor desde o início de julho, com temores relacionados à solvência das instituições. Uma recapitalização acabaria diluindo o valor das ações para os atuais acionistas, observou o vice-diretor da corretora IG Markets France, Arnaud Pouteir.

 

De modo geral, as bolsas reagem positivamente também aos comentários feitos pelo membro do conselho de governadores do Banco Central Europeu (BCE), Ewald Nowotny, de que uma redução nas taxas de juro não pode ser descartada. “O BCE nunca se compromete antecipadamente e um corte de juro não pode ser descartado. Tudo depende dos próximos desdobramentos”, disse Nowotny em entrevista ao Market News International. As informações são da Dow Jones.

*Veja

.