Ataque a igreja no Quênia deixa um morto e 16 feridos

.

NAIRÓBI, 29 Abr (Reuters) – Um homem armado detonou uma granada em uma igreja de Nairóbi neste domingo, matando uma pessoa e ferindo outras 16 no mais recente de uma série de ataques no Quênia desde que o país enviou tropas à Somália para enfrentar militantes islâmicos acusados de ataques na fronteira.

Nairóbi afirma que militantes Shabaab, que se juntaram à al Qaeda neste ano, estão por trás do aumento da violência e sequestros que ameaçam o turismo na maior economia do leste da África.

A polícia informou que o pastor da igreja estava encerrando a missa quando um homem jogou uma granada e correu para a rua. Algumas pessoas que estavam na igreja perseguiram o homem, que então pegou o que a polícia disse ser uma pistola de 9 mm e atirou neles até escapar por becos em uma área residencial e de mercados.

“Uma morte foi confirmada e outras 16 pessoas, incluindo o pastor, ficaram feridas. O motivo do ataque ainda não foi determinado”, disse o porta-voz da polícia, Eric Kiraithe, em um comunicado.

(Reportagem de James Macharia)

.